Procedimento inédito no Hospital do Coração de Sobral inaugura nova fase para prevenção de morte súbita na região

Imlplante CDI 1

Buscando sempre inovação e eficiência no atendimento a pacientes de Sobral e região, o Hospital do Coração de Sobral, unidade do Complexo Santa Casa de Misericórdia de Sobral, realizou na segunda-feira (22/02) o primeiro implante de Cardioversor e Desfibrilador Implantável (CDI). O dispositivo é automático, e tem a capacidade de detectar arritmias graves e tratá-las imediatamente por meio de estímulos elétricos. O procedimento inédito marca um novo tempo para a prevenção de morte súbita na região norte do estado do Ceará.

O primeiro implante de CDI no Hospital do Coração de Sobral foi realizado em um paciente de 61 anos, que estava internado para realizar exame de estudo eletrofisiológico. De acordo com o médico cardiologista e eletrofisiologista da instituição, Dr. Leandro Portela, o paciente tinha miocardiopatia dilatada – que é o coração grande – e apresentava episódios de desmaio, sendo submetido ao exame de estudo eletrofisiológico, que é realizado para obter diagnóstico quando surgem dúvidas quanto à gravidade da situação. “Fizemos o exame e deu positivo para taquicardia ventricular, que é um ritmo do coração que gera morte súbita, e dessa forma, para prevenir esse risco, decidimos que iríamos implantar o CDI no paciente, que é uma espécie de marcapasso que estimula o coração com choques elétricos quando ele pára, o fazendo voltar a um ritmo normal”, explica o médico.

Inovação

Segundo o cirurgião cardíaco, Dr Johnson Filho, o dispositivo utilizado no procedimento é um dos mais modernos que existem. “Antigamente era uma cirurgia com maior duração, onde tínhamos que abrir o peito do paciente para colocar o implante. Hoje, o Hospital do Coração de Sobral inicia esse procedimento de forma quase totalmente percutânea, ou seja, minimamente invasiva”, enfatiza.

A grande vantagem do CDI, é que evita que o paciente tenha morte súbita. “É um grande acontecimento para nossa instituição, Sobral e toda região. São inovações como essa em nossos procedimentos que reforçam a certificação de Hospital Nível 1 – Acreditado, que conquistamos recentemente pela Organização Nacional de Acreditação (ONA)”, ressalta o diretor técnico da instituição, Dr. Joaquim David Carneiro Neto.

Participaram do procedimento os médicos Dr. Johnson Filho, Dr. Leandro Portela, Dr. Joaquim David Carneiro Neto, Dr. Sávio Arcanjo, Dr. Yure Emanoel, a enfermeira Paloma Custódio e o técnico de Enfermagem Alexander Duarte.

Participaram do procedimento os médicos Dr. Johnson Filho, Dr. Leandro Portela, Dr. Joaquim David Carneiro Neto, Dr. Sávio Arcanjo, Dr. Yure Emanoel, a enfermeira Paloma Custódio e o técnico de Enfermagem Alexander Duarte.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial