Com uso de ninhos, profissionais da Santa Casa de Sobral organizam postura de recém-nascidos nas unidades neonatais

WhatsApp Image 2022-04-29 at 17.46.24

O ninho realizado pela equipe de saúde de forma responsável, é uma estratégia segura com forte impacto no neurodesenvolvimento e no comportamento de recém-nascidos, além de ser um excelente método não farmacológico para o controle da dor e para medidas de conforto e bem-estar. Na sexta-feira (22/04), os profissionais que realizam pós-graduação em Enfermagem Neonatal pela Fiocruz, confeccionaram e ensinaram a outros profissionais das unidades neonatais a como montar um ninho adequado.

A ação foi desenvolvida pelos enfermeiros Gabriela Costa, Francisco Weyder Moreira, Karla Sousa, Daniel Rocha e Cinthya Gameleira, atuantes nos Serviços de Neonatologia e Maternidade da Santa Casa. De acordo com Daniel Rocha, o ninho proporciona uma maior semelhança ao útero materno. “Como os recém-nascidos acolhidos nas unidades neonatais são pré-termos – que são aqueles bebês que nascem antes de 37 semanas de idade gestacional – e deveriam ainda está no útero, os ninhos faz com que eles não passem por tanto estresse, e ainda alivia a dor”, explica.

WhatsApp Image 2022-04-29 at 17.46.24 (1) WhatsApp Image 2022-04-29 at 17.46.24 (2) WhatsApp Image 2022-04-29 at 17.46.25

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
YOUTUBE
YOUTUBE
Instagram
SOCIALICON

O nosso site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.
Utilizando esse site você permite o uso de cookies.
Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade

Clique aqui para aceitar termos de privacidade

Ler política de privacidade