Banco de Olhos da Santa Casa de Misericórdia de Sobral é credenciado pelo Ministério da Saúde

O Banco de Tecidos Oculares da Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS) “Dr. Vicente Abdias Fernandes”, acaba de ser credenciado/autorizado pelo Ministério da Saúde e pela Vigilância Sanitária para seu funcionamento. O credenciamento acontece através da Portaria nº 78, de 22 de janeiro de 2016, publicada no Diário Oficial da União no dia 25 deste mês. A partir de agora, o Banco de Olhos da Santa Casa, além de fazer a captação de córneas, também será responsável pela avaliação, processamento, armazenamento e distribuição destes tecidos para a Central de Notificação, Captação e Doação de Órgãos do Estado do Ceará (CNCDO).

Até a publicação da Portaria, a SCMS só detinha a autorização para a captação, os demais processos citados acima eram de responsabilidade exclusiva do Banco de Olhos do Hospital Geral de Fortaleza (HGF).  Desta forma, o Banco de Olhos da Santa Casa de Sobral será o segundo a realizar as suas atividades em uma cidade no interior do Nordeste. O primeiro está localizado em Petrolina no interior de Pernambuco.

Doação

Banco de Olhos da Santa Casa de Misericórdia de Sobral teve sua estrutura física inaugurada no dia 24 de Setembro de 2014. Para construir e equipar o Banco de Olhos, o Ministério da Saúde juntamente com a SCMS fizeram um investimento de aproximadamente R$ 100 mil e realizaram a obra em seis meses. Entretanto, para que este equipamento funcionasse em sua plenitude era necessária a Portaria de credenciamento do MS e VISA.
Afora a estrutura, é importante destacar, também, as doações de órgãos e tecidos oculares para que aconteçam os transplantes. Segundo o Coordenador Técnico do Banco de Olhos da SCMS (BOSCMS), o médico oftalmologista Dr. Ribamar Fernandes Filho, qualquer pessoa entre dois e 70 anos de idade é considerada um potencial doador, e que em só em algumas situações específicas as córneas não podem ser captadas.  “A fila de espera de córnea no Estado do Ceará, tem uma média de 550 pacientes e este equipamento tem a finalidade de minorar o sofrimento de quem se encontra nesta fila”, explica Dr. Ribamar Fernandes Filho.

Quanto à doação, o Coordenador do BOSCMS esclarece que a técnica cirúrgica não deixa vestígios no doador. “Não há qualquer deformidade nos olhos do doador e os procedimentos são feitos de acordo com a determinação do Conselho Brasileiro de Oftalmologia”, explica. Para o Diretor Geral do Hospital, Pe. Francisco Júnior Melo, o pleno funcionamento do Banco de Olhos é um marco histórico para o hospital, principalmente porque a instituição é referência no interior do Ceará na doação e captação de órgãos e tecidos para transplantes.

“A atividade do Banco de Olhos irá propiciar uma seleção mais rigorosa das córneas doadas, assegurando maior índice de sucesso nos transplantes, além da agilidade para diminuir a lista única de receptores no Estado do Ceará, que já conta hoje com mais de 500 pacientes. Cada transplante de córnea que for feito, a partir de agora, com córneas preparadas por nossa equipe será de grande felicidade para todos que participaram dessa conquista”, disse Pe. Júnior Melo. “A Santa Casa de Misericórdia de Sobral tem avançado muito na assistência à saúde e não poderia ser diferente em relação ao processo de doação e transplantes de córnea”, acrescentou.

Funcionamento do Banco de Olhos

No Banco de Tecido Ocular Humano são realizados os serviços de triagem clínica e sorológica dos potenciais doadores de tecido ocular, enucleação – retirada do globo ocular – processamento, avaliação e distribuição da córnea para transplante, garantindo a conservação e a qualidade do tecido para disponibilizá-lo à realização de cirurgia oftalmológica. Os transplantes obedecem à ordem da lista de espera da Central de Transplantes do Estado.

Armazenamento e Captações

O globo ocular doado é avaliado em lâmpada de fenda. A separação e o processamento da córnea são realizados em capela de fluxo laminar e acondicionada em líquido de preservação onde é feita nova avaliação microscópica e armazenada em refrigerador com controle de temperatura mantendo-a entre 2 a 8°C, por um período de 14 dias. Antes da distribuição para transplante a córnea passa por nova avaliação em lâmpada de fenda.

Com o funcionamento do Banco de Olhos da Santa Casa de Misericórdia de Sobral agora será possível realizar ações voltadas à doação de córneas nos hospitais e, principalmente, na Macrorregião Norte do Estado do Ceará. As córneas que antes eram encaminhadas para o Banco de Olhos do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) para serem processadas, agora poderão ser armazenadas e preservadas no Banco de Olhos da Santa Casa de Sobral, aumentando a probabilidade de melhores tecidos a serem transplantados, haja vista não necessitar mais percorrer a distância e tempo de viajem de Sobral a Fortaleza (240 km).

 Blog Encontro com a saúde

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Facebook
YOUTUBE
YOUTUBE
Instagram

O nosso site utiliza cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.
Utilizando esse site você permite o uso de cookies.
Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade

Clique aqui para aceitar termos de privacidade

Ler política de privacidade