Santa Casa no Ar> Quase 15 mil médicos são diplomados ao ano, mas faltam profissionais

santa-casa-no-arSanta Casa de Sobral investe em capacitação com os programas de residência médica e multiprofissional

O número de profissionais médicos formados anualmente no Brasil chega a quase 15 mil. No entanto, há apenas cerca de nove mil vagas em programas de residência, o que dificulta a especialização desses médicos e a atuação nos diversos ramos da saúde. O programa Santa Casa no Ar abordou a temática com a presença do diretor técnico da Santa Casa de Sobral, Cristiano Araújo, e do coordenador do programa de residência multiprofissional em urgência e emergência do Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão (DEPE) da Santa Casa, professor José Henrique Linhares. O programa vai ao ar todas as sextas-feiras de 7h às 8h na Rádio Educadora do Nordeste AM 950. A apresentação é do jornalista Vanderley Moreira e do diretor do DEPE da Santa Casa, professor Vicente Pinto.

O diretor técnico da Santa Casa de Sobral, Cristiano Araújo, ressaltou que o cenário nacional se reflete no local. Os cursos de medicina de universidades públicas e faculdades particulares aumentaram consideravelmente o número de profissionais em Sobral. “Paralelamente a isso, as especialidades e vagas de residência não cresceram na mesma proporção”, aponta.

Mais graduações vêm sendo abertas, mas esse aumento de vagas não vai sendo acompanhado pelo aumento de vagas na residência médica e multiprofissional, ponderou o coordenador do programa de Residência Multiprofissional em Urgência e Emergência, professor José Henrique Linhares. “Temos que nos adaptar a essa realidade e investir em programas de residência de qualidade”, destacou. De acordo com ele, a crise econômica também agravou a decisão de o Governo Federal limitar o número de bolsas concedidas aos médicos nos programas de residência.

O professor lembrou que o DEPE da Santa Casa de Sobral lançou edital para programas de Residência Multiprofissional em Urgência e Emergência e em Neonatologia. As inscrições vão até 23 de dezembro na Secretaria do DEPE. A seleção inclui prova escrita, avaliação de currículo e prova prática. São 18 vagas para Urgência e Emergência e 10 para Neonatologia. Somando os atuais estudantes dos programas, serão 56 residentes (36 na urgência e 20 da neonatologia).

A Santa Casa de Sobral é um hospital de ensino certificado desde outubro de 2007. “Foi o primeiro hospital de ensino do interior do Norte/Nordeste”, destacou o diretor do DEPE da Santa Casa, professor Vicente Pinto. Ao final deste ano, o hospital vai ultrapassar os 200 profissionais já formados nos programas de residência.

Residência Médica

O edital da Residência Multiprofissional em Urgência e Emergência oferece dezoito vagas, distribuídas por área profissional, sendo 08 para Enfermagem, 04 vagas para Fisioterapia, 03 vagas para Nutrição e 03 vagas para Farmácia.

Na Residência Multiprofissional em Neonatologia serão oferecidas dez vagas, distribuídas por área profissional, sendo 04 para Enfermagem, 02 vagas para Fisioterapia, 02 vagas para Nutrição e 02 vagas para Farmácia.

Poderão concorrer candidatos que possuem formação universitária completa no curso ao qual concorre ou em fase de conclusão. Serão 60 horas semanais para dedicação às atividades práticas e teóricas.

Foto: Vanderley Moreira

Legenda: Da esquerda para direita: Prof. Henrique Linhares, Dr. Cristiano Araújo, J. Alberto (técnica de áudio) e Prof. Vicente Pinto

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial