Hospital do Coração de Sobral inova no tratamento de doenças coronarianas

WhatsApp Image 2020-01-15 at 23.27.55 (3)

Com o objetivo de promover uma assistência segura e de qualidade para seus pacientes, o Hospital do Coração, unidade do Complexo Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), passou a disponibilizar, como exame auxiliar na investigação da lesão coronariana, o procedimento FFR, do inglês, “Reserva de Fluxo Fracionado”.

“Trata-se um exame que se faz através do cateterismo cardíaco e avalia-se de uma forma mais invasiva e fidedigna o comprometimento ocasionado pela placa de ateroma que pode estar presente nas artérias coronárias. Com esta técnica, se obtém melhores resultados a longo prazo ao indicar precisamente a necessidade ou não do implante do stent, além de avaliar o fluxo de sangue após sua expansão”, explicou o diretor técnico do Hospital do Coração, Dr. David Carneiro Neto.

Nesta quarta-feira (15/01), um paciente foi submetido ao procedimento, o qual comprovou que a placa de gordura, avaliada pelos médicos como intermediária, em uma região importante do coração não ocasionava isquemia, não havendo assim a necessidade do implante do stent. Além do diretor técnico, Dr. David Carneiro Neto, também participaram do procedimento, médicos cardiologistas que atuam em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, além da equipe enfermagem treinada e capacitada.

O FFR é um procedimento invasivo que permite medir a obstrução coronariana com extrema precisão. Pode ser realizado pela região da virilha (via femoral), braço ao nível do cotovelo ou pelo punho (via radial), onde um cateter fino e longo é introduzido dentro do vaso sanguíneo até o coração sob anestesia local ou sedação. O procedimento permite avaliar a gravidade de cada caso e a necessidade ou não de stents para desobstruir a artéria.

WhatsApp Image 2020-01-15 at 23.27.55 (1)

WhatsApp Image 2020-01-15 at 23.27.55

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial